Posts

Paraná avança no ranking dos estados mais exportadores

No quadro geral do comércio brasileiro, a instabilidade econômica nacional tem se apresentado a algumas empresas e indústrias como fator de impulso para alcançar o mercado internacional. De janeiro a agosto de 2017, os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro se apresentaram como os mais exportadores do período, com valores respectivos a US$ 33,5 bilhões, US$ 16.9 bilhões e US$ 15,4 bilhões.

O Paraná avançou no ranking e ficou em quarto entre os maiores exportadores, com US$ 12,4 bilhões até o momento. Dos produtos comercializados se destacam soja, pastas químicas, e carnes e miudezas. Como destino das mercadorias, cerca de 28,5% segue para o mercado chinês, segundo a Secretaria de Comércio Exterior. Logo em seguida, vem Argentina, tendo automóveis de passageiros e de transporte como principal mercadoria, e Estados Unidos, que compra madeira e artigos derivados.

Desde 2014 o Paraná tem avançado no comércio e vem acompanhando o crescimento do saldo comercial brasileiro. Em 2016, o saldo positivo fechou em mais de US$ 4,078 bilhões, que representa um crescimento de 65,8% em relação a 2015. Em exportações, o Paraná fechou em US$ 15,171 bilhões no ano de 2016. Além dos produtos já citados, o estado também tem relatado aumento significativo no comércio de extratos, essências e concentrados de café (132% até julho de 2017, em comparação com o mesmo período de 2016), mel natural (127%) e couros (285%)

Agropecuária: oportunidade constante

A soja, o carro-chefe do comércio externo paranaense, também representa o produto de maior expansão comercial brasileira. Para 2017, o Brasil prevê uma produção de 64 milhões de toneladas, e 65 milhões para 2018. De acordo com a Associação Brasileira de Indústrias de Óleos Vegetais. O aumento se refere principalmente à maior utilização de biocombustível (produzido principalmente com óleo de soja) no diesel até março de 2018.

Falkner Moreira
Produção de Conteúdo

MUDANÇA EM CURITIBA

Ao longo dos anos, a capital do Paraná vem se tornando a cidade mais rica do Sul do Brasil. O clima é temperado marítimo, com temperatura média de 11ºC no mês mais frio, caindo, às vezes, para abaixo de 2ºC. Para quem busca fazer bons negócios, a sugestão é a cidade de Curitiba, uma vez que tem um número elevado de eventos internacionais em diversos nichos de mercado.

Curitiba é jovem quando comparada a outras capitais de estados no litoral brasileiro. Seu desenvolvimento se deu a partir do avanço do movimento bandeirante para o Oeste do território. Hoje, com 324 anos, a cidade é pioneira em quesitos como responsabilidade ecológica, sistema de saúde e transporte público, com modelos que são copiados e aplicados em cidades de todo o Brasil.

As ações voltadas para sustentabilidade fizeram a capital paranaense ser reconhecida pela Unesco como uma das cidades brasileiras mais criativas em 2014, e pela revista Forbes em 2015 como a terceira cidade mais esperta por alinhar projetos ecológicos, qualidade de vida, infraestrutura e economia.

Este equilíbrio faz de Curitiba ter o 4º maior PIB do País. O maior responsável por esse índice é a forte presença do setor terciário no mercado curitibano, com foco no comércio e em exportações de eletrodomésticos, madeira, produtos têxteis, entre outros. As indústrias também se destacam, tendo ênfase nos nichos alimentício, mobiliário, farmacêutico e bebidas.

A cidade conta com um sistema de transporte público integrado que funciona desde 1974 com veículo leve sobre pneus (VLP), também chamado de Bus Rapid Transit (BRT). São 81 quilômetros em corredores exclusivos para ônibus, em rotas que transportam 2 milhões de pessoas diariamente. O modelo instalado em Curitiba inspirou os modelos de transporte público no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Bogotá, na Colômbia.

 

Alguns dados relevantes para sua mudança

DDD: 041
População: 1.893.997 habitantes (IBGE/2016)
Fuso horário: UTC-3
Principal aeroporto: Aeroporto Internacional Afonso Pena (Av. Rocha Pombo – Águas Belas, São José dos Pinhais – PR)
Receita Federal: R. João Negrão, 11 – Centro, CEP: 80010-200. Telefone: (41) 3225-1556
Polícia Federal: R. Profa. Sandália Monzon, 210 – Santa Cândida, CEP: 82640-040. Telefone: (41) 3251-7500

 

Prepare sua mudança internacional ou nacional para a cidade mais bem estruturada e de melhor qualidade do país.

 

Falkner Moreira
Produção de Conteúdo