Posts

Porto Alegre pode ser a cidade mais “verde” até 2030

No início de novembro Porto Alegre recebeu o evento ONU-Habitat Urban Thinkers Campus, na Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Na ocasião, foram compartilhadas experiências como forma de incentivo para inovação verde nas cidades. A partir de ações no setor público e privado, além do envolvimento da sociedade civil, a capital do Rio Grande do Sul deve atingir até o ano de 2030 o título de cidade mais sustentável e inovadora da América Latina.

Uma das ações é o ZIS – Zonas de Inovação Sustentável, que já existe em Porto Alegre desde 2015, como forma de alcançar as metas da Nova Agenda Urbana, dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e do Acordo do Clima de Paris. A partir deste projeto, a população é incentivada a adotar práticas sustentáveis, além de serem empoderadas para empreender de maneira sustentável.

Na Câmara Municipal de Porto Alegre, tramita o Projeto de Lei 293/2017, encabeçado pelo vereador André Carús (PMDB), para delimitar a Zona de maneira mais específica. Ela irá compreender os bairros Bom Fim, Farroupilha, Floresta, Independência, Rio Branco e Santana.

Caos ecológico

Enquanto Porto Alegre avança rumo à sustentabilidade, algumas áreas do Distrito Federal sofrem com o clima. Em Ceilândia, o verde é concentrado em áreas sufocadas, sem distribuição planejada. Em Itapoã, na área central de Brasília, a população relata a falta de árvores e o crescimento desenfreado da região. E tudo colabora para que as temperaturas em áreas sem árvores tenham até 3°C a mais que o normal, segundo especialistas.

Sobre a Nova Agenda Urbana

Estabelecida em Quito, no Equador, em outubro de 2016, a Nova Agenda Urbana surgiu na Terceira Conferência das ONU sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável. A meta constitui em 30 ações distribuídas em Política Urbana Nacional, Legislação Urbana, Planejamento e Projeto Urbano, Economia Urbana e Finanças Municipais, e Extensões e Renovações Urbanas Planejadas. Para conhecer todos os pontos, clique aqui.

 

Falkner Moreira
Produção de Conteúdo