Procura de imóveis facilitada: conheça o app Moving

Já conhece o aplicativo Moving? Uma oportunidade para vendedores de imóveis e uma facilidade para quem busca um novo lugar para morar, a Moving é um aplicativo que mostra, através de geolocalização, os imóveis que estão disponíveis para aluguel e venda nas proximidades. A plataforma pode ser utilizada em smartphone, tablet ou computador.

Lançado em 2012, o aplicativo se atribui de uma tecnologia registrada pela Moving e terceirizada para outros serviços de imobiliárias e incorporadoras. Hoje, cerca de 900 aplicativos disponíveis nas lojas virtuais utilizam a tecnologia da Moving Imóveis. São cerca de 1 milhão de imóveis registrados na plataforma que aderem às categorias de residência, comércio, galpões industriais e logísticos.

Facilidades

O aplicativo representa praticidade e portabilidade para quem deseja procurar o seu imóvel ideal nas imediações de onde se encontra naquele exato momento. A oferta para algumas localidades é grande, mostrando anúncios de mais de mil imobiliárias, incorporadoras e pessoas físicas, principalmente em capitais como São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Outra comodidade é se aquela determinada área tem acesso para escolas, comércio e transporte público. Com esse recurso, o usuário pode definir suas prioridades de escolha e avaliar a melhor oferta de acordo com o que está presente na região desejada.

Infelizmente, o software ainda tem algumas limitações. O alcance máximo da cobertura em relação ao ponto de localização do usuário é de no máximo 100 metros. Isso impossibilita, por exemplo, que usuários do Rio de Janeiro busquem imóveis em outras cidades ou mesmo em zonas diferentes da mesma cidade.

Crescimento

A nova sociedade entre Moving e Engebanc, empresa especialista em avaliação de imóveis, permitirá que o aplicativo ganhe melhorias. Uma delas é relacionar o valor do imóvel selecionado com a média de valores da região. Isso facilitará a procura de imóveis a partir da renda que o usuário possui.

 

Falkner Moreira
Produção de Conteúdo

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *