Mudança para Key Biscayne: natureza, praia e tranquilidade perto de Miami

A menos de 30 minutos de Miami, numa distância de 12 quilômetros, fica Key Biscayne, uma pequena ilha incorporada ao estado americano da Flórida. Com uma população estimada em 13 mil habitantes distribuídos em 3.230 km², Key Biscayne é o lar de quem aprecia o verde da natureza e o contato direto com areia e mar.

Rickenbacker Causeway conecta Miami à ilha, uma ponte suspensa que torna o deslocamento prazeroso pela vista paradisíaca. Bill Baggs é o parque natural da região que conta com uma das praias mais famosas da cidade. A localização é recomendada para realização de mergulhos por conta da água cristalina. O farol Cape Florida Lighthouse, construído em 1825, é uma das construções mais antigas ao sul de Miami.

Crandon Park é outra área natural de Key Biscayne. Repleta de mangues, é comum encontrar tartarugas marinhas, caranguejos e estrelas-do-mar. Crandon Park conta ainda com quadras de tênis, onde acontece o Miami Open Tennis Tournament, um dos maiores torneios de golfe do mundo. Na praia de Crandon Park ocorre também uma grande variedade de esportes aquáticos.

Key Biscayne se atribui de um clima tropical. O verão na cidade é quente e com forte precipitação chuvosa, e o inverno é seco e suaviza as temperaturas. De junho a setembro, as chuvas são mais intensas. As temperaturas máximas chegam a uma média de 28°C e as mínimas vão até 21°C.

Nos últimos 10 anos, a especulação imobiliária tem progredido em Key Biscayne com a devida atenção para áreas naturais. Se o seu interesse é viver com tranquilidade, numa cidade pequena que valoriza simplicidade e contato com o verde, comece a pesquisar quem pode ajudar você na sua mudança.

Solicite informações de empresas como GInter, Antares – Mudanças & Transportes, Metropolitan Transports e IMT – International Moving & Transportation. Esta última, a IMT, possui escritórios no Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza) e nos Estados Unidos (Miami e Nova Iorque).

Falkner Moreira
Produção de Conteúdo

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *