MUDANÇA EM ITÁLIA

A Itália possui uma atmosfera única e suas ruas estreitas exalam história. O país conserva vários castelos pelo seu território e até cidades inteiras em estilo medieval. Veneza é um espetáculo à parte: o canal mais famoso do mundo inspira a todos. Roma é tipicamente turística, com diversos monumentos históricos e suas fontes são verdadeiras obras de arte esculpidas há séculos. Em Roma está localizado o Vaticano, a cidade-Estado que serve de sede para a Igreja Católica.

Visto

Para conseguir o visto de permanência na Itália você precisa provar que vai trabalhar ou estudar no país. Para isso é necessário um documento do empregador ou da instituição de ensino que comprove o trabalho ou o estudo. Para turismo, a Itália não exige visto, desde que a visitação não dure por mais de 90 dias. O passaporte, entretanto, é documento imprescindível em qualquer viagem internacional. No caso do Vaticano, vale a mesma regra: visitas de até 90 dias não precisa de visto.

Diferenças culturais

A diversidade do país é enorme. Ao norte e ao sul encontram-se culturas e comunidades completamente distintas. E isso diz respeito não apenas às expressões culturais e costumes de cada local, mas também à gastronomia e à própria geografia, que se eleva desde o litoral de praias e ilhas até montanhas no interior.

Milão, por exemplo, fica bem ao norte da Itália, uma das cidades mais importantes na indústria da moda para o mundo. E bem ao sul fica Nápoles, uma das cidades mais populosas da Itália, litorânea, onde é possível aproveitar da melhor vivência no centro comercial e nos mercados de rua da cidade.

 

Alguns dados relevantes para sua mudança

População: 60.589.445 habitantes (ISTAT/2016)
Fuso horário: UTC +1
Principal aeroporto: Leonardo da Vinci International Airport (Rome Fiumicino Airport)
Consulado brasileiro: Piazza di Pasquino, 8, 00186 Roma. Telefone: +39 06 6889 66270

 

Prepare agora mesmo a sua mudança para a Itália.

 

Falkner Moreira
Produção de Conteúdo

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *